De 13 de Maio de 2006 a 31 de Dezembro de 2012, o meu primeiro blog

//Subscrever

Posts

Domingo, 20 de Junho de 2010

...agora para a “Conferência de Verão”, segunda jornada [19 de Junho de 2010] do ciclo Fórum XXI, conferências trimestrais promovidas pela Associação “Espírito de Opinião”. O tema tratado “De como uma boa estratégia para a cidade contribui para uma nova cidadania” ressentiu-se, a meu ver, da ausência forçada de Manuel Salgado (retido em Lisboa a pretexto das exéquias de José Saramago) que certamente traria uma mais-valia ao painel de conferencistas onde se sentaram D. Manuel Clemente (Bispo do Porto) e Mega Ferreira. Se é verdade que, pessoalmente, esperava que na conferência pudessem ser abertas pistas de futuro, esboços de estratégias mobilizadoras de cidadania, exemplos aplicados ou experiências a decorrer, também não posso dizer que não tenha sido recompensado pelas leituras aprofundadas e críticas, da história da cidade, que constituíram o fio condutor das intervenções dos dois oradores.

Enquanto considerava o excelente nível das perspectivas partilhadas que, a partir da assembleia, suscitaram um diálogo franco e aberto com os conferencistas, ocorreu-me o que ouvira a Daniel Innerarity, o filósofo basco que recentemente passou pelas Feiras do Livro de Lisboa e Porto, mas também pelo programa radiofónico Alma Nostra de que sou ouvinte regular: “É preciso libertar o futuro da ditadura do presente”, dizia, “porque o futuro nos foi confiscado. Sustento que somos os Okupas do futuro; parasitamos o futuro desde vários pontos de vista [nomeadamente] meio-ambiental, de modelo económico, de prestações sociais, etc. Eu creio que [nos] estamos impondo [a nós próprios] o poder da hora, do agora, sobre outras dimensões da temporalidade, sobre a vida incipiente, sobre as gerações não-nascidas, a natureza e o meio-ambiente que terão os nossos netos…; há muito pouca antecipação do futuro porque estamos absorvidos por um ruído mediático, por um presente financeiro mínimo…” por fim, questionava: ” Como conseguiremos libertar o futuro desta tirania do presente?”.

[Créditos: edição de 18 de Maio de 2010 de "Alma Nostra", programa radiofónico da responsabilidade de Carlos Amaral Dias e Carlos Magno, emitido semanalmente na "Antena Um" e disponível em “podcast” no portal da RTP]

JNobre às 22:13
|
Etiquetas: