De 13 de Maio de 2006 a 31 de Dezembro de 2012, o meu primeiro blog

//Subscrever

Posts

Sábado, 18 de Julho de 2009

Há lugares comuns para todas as “estações”. O Verão “é tempo de livros”, mas também é “silly season”, estação “pateta” ou “maluca”... Enquanto o que se espera da política nos próximos dias, nos próximos meses, venha a dar razão à ultima das acepções, já relativamente à primeira, resolvi-me a “criar um novo espaço” (outro lugar comum) que, assim espero, possa ser tão gratificante para mim como para alguns dos meus leitores.

Chama-se “Livros abertos”...

 

...e tem por sub-título “uma bibliografia de trazer por casa”.

Os propósitos

Nos intervalos das nossas vidas, é bom parar para pensar. A sós ou com um Amigo que pode ser Alguém ou alguma coisa, como um Livro. Mas a leitura, a reflexão e a escrita são coisas indissociáveis por isso, dificilmente consigo ler sem ter por perto um caderno onde faça apontamentos das ideias que surgem ou das passagens de leituras que pretendo fixar.

Aliás, como está escrito no sub-tútulo do “mondim: leituras”, tudo pode ser lido, isto é, tudo é susceptível de interpretação pelo que, escolher uma leitura, reflectir sobre o que se lê e escrever sobre isso é constituir um repositório pessoal de ideias e princípios susceptíveis de influenciar o comportamento do leitor e, de modo menos evidente, dos que o rodeiam.

[+ no livros abertos]

JNobre às 18:00
|
Etiquetas: