De 13 de Maio de 2006 a 31 de Dezembro de 2012, o meu primeiro blog

//Subscrever

Posts

Sábado, 28 de Fevereiro de 2009

Confirma-se que os principais obreiros da iniciativa que, no ano passado, marcou sensivelmente a nossa paisagem cultural, vão organizar, em Maio, uma Segunda Edição. Soube-o, primeiro, pelo comentário de Teixeira da Silva ao meu artigo “Surpreendidos… com o que já sabíamos”, e confirmei-o, depois, junto dos seus principais promotores (Junta de Freguesia de Mondim de Basto).

Já o comentário de Paulo Mota, na sequência da opinião de Teixeira da Silva, remete para a preocupação que eu próprio já manifestei em outras circunstâncias: que esta iniciativa não se fique pela celebração nostálgica de um passado de que nos podemos orgulhar, mas que possibilite a abertura de janelas para o futuro, perspectivando cenários estratégicos que nos sirvam de referência.
"Os nossos rios" será o tema-base deste ano.
 
JNobre às 15:00
|

Boa noite ao Senhor!-Está muito correto aquilo que diz; mas a projecção dum futuro brilhante,depende sempre dum passado do qual nos possamos orgulhar, de onde nos veio a preparação para sabermos projectar esse mesmo futuro.Portanto será a celebração dos dois certamente.
Respeitosamente
Anónimo a 8 de Março de 2009 às 00:20

É sempre bom, ouvir as intervenções do Arquitecto Nobre, que no seu blog "Mondim:leituras", aflora com bastante sobriedade as coisas importantes da nossa terra.
Obviamente que a construção da barragem de Fridão, vai continuar a dar muito que falar. Só estranho que a Cãmara Municipal, se quede pelo silêncio e nem mesmo em ano de eleições, venha a terreiro ilucidar os seus munícipes, contribuindo para um melhor esclarecimento nesta matéria.
Esta obra, que irá ser monumental e decisiva para as aspirações de trabalho e emprego na região, tem que ter um conjunto de oportunidades que sirvam para beneficiar as populações e não para as prejudicar.
Quero acreditar, que desta vez o povo não se deixará enganar, sob pena de as próximas eleições se constituirem num desastre político.
Agradeço enquanto visitante deste blog, ao seu autor, a possibilidade soberana de termos uma informação e opiniões credíveis, sobre um assunto que é querido de todos os Mondinenses.
Um abraço e continue sempre, esta terra também lhe pertence um bocadinho...!

Teixeira da Silva
jts a 15 de Março de 2009 às 17:38